terça-feira, 21 de julho de 2015

Estamos volta de Após 2 Ano! Criamos esse Blog em Meados de 2009! Na epoca foi muito sofrido e trabalhoso devido a nossa falta de estrutura e esperiençia e sem duvida sobre muita persiguiçao e ataques! Nao desistimos e vamos Lutar Para voltar ser um dos blog mais visitados cono foi em 2010 ,com divulgaçao do projeto Semear ..que Deus abençoe a todos..
Caro leitor, essa é uma questão bastante complexa. Talvez a resposta a essa pergunta seja sim e não. Eu explico. O pecado, aos olhos de Deus, é uma ofensa a Sua santidade e, por isso, traz sobre nós condenação. Desde aquele que nós consideramos leve, como uma mentira, até aquele que consideramos grave, como um assassinato. Desse ponto de vista, Deus trata o pecado de forma uniforme. Todos os tipos de pecados levam o homem a condenação e ofendem a Deus. Nas listas de pecados mencionadas na Bíblia, eles são citados um após o outro, sem uma escala de maiores ou menores pecados. Observe que a glutonaria (comer exageradamente) está na mesma lista que a prostituição. Veja: “Ora, as obras da carne são conhecidas e são: prostituição, impureza, lascívia, idolatria, feitiçarias, inimizades, porfias, ciúmes, iras, discórdias, dissensões, facções, invejas, bebedices, glutonarias e coisas semelhantes a estas, a respeito das quais eu vos declaro, como já, outrora, vos preveni, que não herdarão o reino de Deus os que tais coisas praticam.” (Gl 5. 19-21) A Bíblia quando fala do resultado que o pecado provoca em nosso relacionamento com Deus, também não separa os tipos de pecado em maiores ou menores, mas os agrupa numa mesma ordem de importância perante Deus. Veja: “Mas as vossas iniquidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que vos não ouça.” (Isaías 59. 2). Nessa primeira parte, então, não existe pecadinho e pecadão para Deus. Todo pecado, maior ou menor, fere a santidade de Deus e traz condenação a quem o praticou. Na segunda parte veremos que há sim pecados maiores e menores aos olhos de Deus. Devemos considerar que alguns pecados têm circunstâncias agravantes que os fazem mais odiosos aos olhos de Deus. São pecados que trazem em si agravantes que pesam no julgamento de Deus que é justo.